Você sabe o que é SWING TRADE?

Você sabe o que é SWING TRADE?

Swing Trade

À medida em que se disseminam cada vez mais informações concernentes ao mercado financeiro que, não muito tempo atrás, ficavam restritas apenas a determinados círculos profissionais, diferentes modalidades de investimento e operação na Bolsa de Valores ganham os holofotes. Dentre as distintas categorias existentes, o Swing Trade é uma das mais conhecidas dentre os investimentos em renda variável. Basicamente, no Swing Trade a maioria das operações é de curto e médio prazo; o investidor compra o ativo e aguarda o momento mais favorável para vendê-lo. Desta forma, nesta modalidade a compra e venda de ações, ETFs, FIIs e derivativos pode durar dias ou semanas. Assim, o investidor que opta por operar por meio do Swing Trade busca tomar decisões por meio da observação e análise técnica de gráficos ao longo desse período. Há modalidades de operação semelhantes ao Swing Trade, mas com diferenças importantes tanto no modo de atuação quanto nos prazos envolvidos. O Day Trade é uma categoria de atividade financeira em que as operações começam e terminam no mesmo dia; assim, é necessário que o investidor acompanhe as oscilações do mercado em tempo real, permanecendo na frente do computador durante todo o pregão, o que demanda atenção exclusiva à operação. Por isso, em linhas gerais trata-se de uma modalidade mais arriscada, devido ao fato de que há maior demanda de decisões e operações por parte do investidor, aumentando os riscos de que sejam tomadas decisões erradas.

Position Trade por outro lado, a modalidade que tem tempo de operação mais longo do que o Swing Trade é denominada Position Trade, ou buy and hold; nesta categoria de investimento as operações chegam a durar anos, tendo como finalidade o lucro a longo prazo. Uma vantagem apontada com relação ao Position Trade diz respeito à possibilidade de que o investidor faça aportes de maneira recorrente. É consenso entre os profissionais que o mercado de renda variável é incerto e apresenta riscos. Para minimizar tais perigos, é essencial diversificar a carteira de investimentos entre papéis provenientes de distintos ramos da economia. Nas operações de Swing Trade, Position Trade e até mesmo Day Trade os especialistas destacam a importância do dispositivo conhecido como stop. Como forma de diminuir perdas e até mesmo controlar o lado emocional do trabalho, é necessário colocar limites de perda programados já na compra do ativo. Para que se alcance o sucesso no Swing Trade, especialistas apontam que a dica chave para quem pretende iniciar suas operações na modalidade é investir uma quantia pequena no começo, para que seja possível se adaptar às oscilações do mercado e consequentes reações emocionais que normalmente se desencadeiam. Segundo afirmam profissionais experientes, a inteligência emocional é muito importante para que o investidor tenha controle da situação e saia da operação na hora certa.

Aqui no Oplab você consegue simular todas as ações do mercado e acompanhar sua volatilidade na modalidade que preferir!

Inicie agora seu teste grátis por 30 dias! 

 

 

 

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *